Destaque

http://www.edureis.com/now/components/com_gk3_photoslide/thumbs_big/2229561pedro2_24.jpglink
http://www.edureis.com/now/components/com_gk3_photoslide/thumbs_big/55813401.jpglink
http://www.edureis.com/now/components/com_gk3_photoslide/thumbs_big/664714blog.jpglink

O cuspe do Soldado

Não culpamos os soldados por estes dois atos. Afinal, eles estavam apenas seguindo ordens. Mas difícil é compreender o que fizeram neste ínterim. Eis aqui a descrição de Mateus... Leia mais

Amou com um amor inabalável

“A benignidade do Senhor jamais acaba, as suas misericórdias não têm fim, pois elas se renovam todas as manhãs; grande é a Tua fidelidade.” Leia mais

Hoje vou fazer a diferença

Hoje vou fazer a diferença. Vou começar por controlar meus pensamentos. Uma pessoa é o produto de seus pensamentos. Eu quero ser feliz e esperançoso. Leia mais

O cuspe do Soldado Amou com um amor inabalável Hoje vou fazer a diferença
Escrito por Edu Reis    Ter, 09 de Setembro de 2008 07:25   
MEU CORAÇÃO E MINHA LÍNGUA
Avaliação do Usuário: / 7
PiorMelhor 
Image Meu coração e minha língua fizeram um trato: quando meu coração estiver enfurecido, minha língua guardará silêncio.
As palavras respondem aos sentimentos, e os sentimentos às idéias. Por isso é impossível dominar nossas palavras se não somos senhores de nossos sentimentos; e estes sentimentos irão se acalmando segundo a força de nossas idéias.

A um coração que não se domina, responderão palavras violentas e ferinas; a um coração fechado em si, sucederão palavras e atitudes que depreciam os demais.

Por conseguinte, me calarei quando meu coração não estiver sossegado e em calma; não falarei, pois seguramente me arrependerei do que disser ou, pelo menos, do modo como o disser, ou do momento em que o disser.
Se em geral o coração não costuma ser bom conselheiro, menos o será quando não estiver em paz e não se sentir senhor de si mesmo.
 
Escrito por Edu Reis    Qua, 02 de Julho de 2008 14:48   
SE TIVÉSSEMOS ANDADO MAIS DEPRESSA
Avaliação do Usuário: / 10
PiorMelhor 
Image Havia um rapaz que cuidava, com o pai, de um pequeno pedaço de terra. Várias vezes por ano, eles lotavam o velho carro de boi com legumes e dirigiam-se até a cidade mais próxima para vender sua produção. Com exceção do nome e dos cuidados dedicados ao pedaço de terra, pai e filho tinham poucas coisas em comum. O homem mais velho levava a vida de maneira pacata. O mais novo estava sempre com pressa... era "dinâmico".
Certa manhã ensolarada, eles se levantaram bem cedo, atrelaram o boi ao carro e iniciaram a longa viagem. O filho imaginou que, se eles andassem mais depressa, rodando o dia inteiro e a noite inteira, conseguiriam vender a mercadoria no início da manhã seguinte. Com essa idéia em mente, ele cutucava o boi com uma varinha, insistindo para que o animal andasse mais rápido.
- Vá com calma, filho - disse o pai -, para você ter vida mais longa.
- Se chegarmos ao mercado antes dos outros, vamos ter mais chances de conseguir preços melhores - argumentou o filho.
O pai não replicou. Cobriu os olhos com o chapéu e começou a cochilar. Ansioso e irritado, o rapaz voltou a cutucar o boi para que ele andasse mais rápido, mas seus passos continuavam no mesmo ritmo.
Última atualização ( Ter, 09 de Setembro de 2008 15:59 )
 
Escrito por Edu Reis    Qua, 02 de Julho de 2008 14:25   
DEDICAÇÃO
Avaliação do Usuário: / 6
PiorMelhor 
Image "E, chamando os seus discípulos, disse-lhes: Em verdade vos digo que esta pobre viúva deitou mais do que todos os que deitaram na arca do tesouro; Porque todos ali deitaram do que lhes sobejava, mas esta, da sua pobreza, deitou tudo o que tinha, todo o seu sustento." Marcos 12:43-44.
 
Durante a blitz dos nazistas sobre Londres em 1940, Matthew Sands recebeu um telegrama do Gabinete de Guerra britânico, declarando que o filho dele, David, estava desaparecido e considerado morto.
O relatório provou ser verdadeiro.
Com o coração partido, Sands escreveu no verso do telegrama:
"Tudo o que tenho e tudo o que sou, entrego-o a Deus para o Seu serviço."
Pouco depois de tomar conhecimento da terrível notícia, Sands recebeu o telefonema de alguém com um lembrete sobre um compromisso importante.
A caminho de seu compromisso, Sands passou por uma igreja antiga e abandonada e observou uma placa que dizia:
"Para venda em leilão."
Última atualização ( Qua, 02 de Julho de 2008 14:27 )
 
Escrito por Edu Reis    Qua, 02 de Julho de 2008 13:55   
FOLHETINHO
Avaliação do Usuário: / 5
PiorMelhor 
Image"Aquele que sai chorando, levando a semente para semear, voltará com cânticos de júbilo, trazendo consigo os seus molhos." (Salmos 126:6)

Thomas Johannes Bach, estudante de Engenharia, caminhava por uma rua de Copenhague certo dia, quando um juvenil se aproximou dele com um folheto na mão.
- Aceita este folhetinho? - perguntou o menino. - Ele tem uma mensagem para o senhor. Olhando para o folheto, Thomas viu que era religioso. Não estava interessado e não gostou de ter sido parado na rua por causa de um folheto.
- Por que você incomoda as pessoas com a sua religião? - quis saber ele. - Sou perfeitamente capaz de tomar conta de mim mesmo. Como o rapazinho continuasse com a mão estendida, Thomas pegou o folheto de modo grosseiro, rasgou-o e colocou-o no bolso. O garoto virou-se e foi embora muito triste. Mas Thomas não conseguiu tirar os olhos do menino.
Última atualização ( Qua, 02 de Julho de 2008 14:11 )
 
Escrito por Edu Reis    Sex, 30 de Maio de 2008 11:34   
Casting Crowns - While You Were Sleeping
Avaliação do Usuário: / 15
PiorMelhor 

Uma Benção de Vídeo

Casting Crowns - While You Were Sleeping

 
Escrito por Edu Reis    Ter, 27 de Maio de 2008 12:32   
MUDANÇA DE ATITUDE
Avaliação do Usuário: / 9
PiorMelhor 
"Mas os que esperam no SENHOR renovarão as forças, subirão com asas como águias; correrão, e não se cansarão; caminharão, e não se fatigarão."
(Isaías 40:31)
Alguma vez você já pensou aonde vão às águias quando a tormenta vem?
Última atualização ( Qua, 28 de Maio de 2008 05:24 )
 
Escrito por Edu Reis    Ter, 27 de Maio de 2008 12:26   
TRABALHO EM EQUIPE
Avaliação do Usuário: / 5
PiorMelhor 
Conta-se que numa aldeia cortada por um rio turbulento, surgiu um alvoroço.
Socorro! Menino no rio... - alguém disse.
As mães, correndo em direção à voz, cheias de temores, pensavam: "será meu filho?”.
Última atualização ( Qua, 28 de Maio de 2008 05:25 )
 
Mais Artigos...


Página 10 de 18